segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Encontro debate escolha do livro didático

Intervenção cultural marcou o início das atividades

Em cada triênio, as escolas estaduais participam do processo de escolha dos livros didáticos que serão utilizados pelos professores em sala de aula. O Plano Nacional do Livro Didático investiu em sua última edição R$ 333.116.928,96 , atendendo mais de 7 milhões de estudantes. A Secretaria de Educação realiza durante todo o dia de hoje o Encontro de Recomendações para o PNLD 2015, momento que ajudará os educadores na escolha dos títulos que serão utilizados.

O encontro foi aberto pela secretária de Educação, profª Betania Ramalho, que traçou o panorama que a educação estadual chegou após quatro anos de trabalhos a frente da pasta: “Encontro como este, de discussão de ferramentas de ensino, servem para que prestemos conta de como cada coordenadoria vem se esforçado para alcançamos uma educação de qualidade para nossos estudantes”. Das conquistas, no campo do livro, Ramalho destacou o Plano Estadual do Livro e Leitura, que “serve como um documento norteador de todas as práticas de leitura que são realizadas na escola”.

Mediado por técnicos da Coordenadoria de Desenvolvimento Escolar, Subcoordenaodoria de Ensino Médio e 1ª Diretoria Regional de Educação e Cultura, durante todo o encontro mesas temáticas debateram os usos dos livros e a mudança que as novas tecnologias estão gerando no forma de utilizar o livro em sala de aula. Para o próximo ano, o MEC começará a substituir os livros didáticos por e-books, que no RN serão disponibilizados por meio do SIGeduc.


Para Erileide Rocha, coordenadora dos projetos de leitura da SEEC, o encontro serve para que as escolas possam conhecer todo o processo e se informem de como podem escolher o livro de forma a atender o Projeto Político Pedagógico de cada instituição. “É importante que cada escola conheça o Guia do PNLD, analisando as resenhas das coleções didáticas que serão aprovadas de acordo com as informações contidas no guia e com as orientações da SEEC”.

O evento segue até as 18h com a palestra sobre livros digitais, com Regina Lúcia Alves da Costa, professora especialista em tecnologia da Educação e Rômulo Augusto, técnico especialista da SUEM.