quinta-feira, 29 de maio de 2014

Governo do Estado inaugura novos laboratórios de ciências


Amanhã (30), em visita a Mossoró, a governadora Rosalba Ciarlini e a secretária de Educação Betania Ramalho inaugurarão dois novos laboratórios de ciências que beneficiarão a Escola Estadual Prof. Abel Freire Coelho e o Centro de Educação Integrada Prof. Eliseu Viana. Os laboratórios fazem parte do projeto Espaço do Conhecimento, projeto financiado pela Petrobrás e com parceria da Secretaria de Estado da Educação e Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Técnologico do RN, e tem como objetivo melhorar o ensino das ciências da natureza, matemática e português. 

O evento de inauguração será as 10h na Escola Abel Coelho, onde a governadora e a secretaria visitarão as novas instalações e conhecerão os novos recursos e atividades que serão desenvolvidas. Logo após a comitiva visitará o centro de educação Eliseu Viana. Também ocorrerá a certificação do corpo docente responsável pelo projeto.


A secretária de Educação, Betania Ramalho, apontou os ganhos dos novos laboratórios: "Estamos construindo uma nova fase na educação do RN. Novas escolas, incentivo a pesquisa, reconhecimento de direitos que antes não eram vistos. Os novos laboratórios ajudarão na construção do conhecimento que nossos estudantes devem constituir ao longo de sua vida escolar. Um ganho importante para a educação."

Durante o ano passado três unidades de ensino passaram por adequações dos laboratórios, como reformas e ambientações, aquisição de equipamentos e matérias de uso contínuo. Os professores que serão responsáveis pelo novo espaço participaram de treinamentos para realizarem atividades ligadas as áreas de conhecimentos atendidas pelo projeto. Além das duas unidades em Mossoró, a Escola Estadual Monsenhor Honório, em Pendências, também receberá o Espaço do Conhecimento.


Várias ações foram realizadas com o intuito de proporcionar aos estudantes uma ambientação à nova realidade que as escolas terão como projeto, como palestras de sensibilização e preparação para escolha dos líderes de sala de aula, escolhendo de forma correta os seus representantes por meio do voto;  aulões para o ENEM e simulados; oficinas de mídias sociais, culminando na construção de uma página no facebook referente ao projeto; oficinas de sensibilização, mobilização e preparação para as Feiras de Ciências, como o RN Ciência e a feira de ciências do Semiárido Potiguar.

Para a diretora da escola Abel Coelho, Ady Gomes, o projeto representa um avanço para a escola: "O projeto mostra os alunos a diversidade existente na ciência. Eles irão se integrar. Essa prática irá valorizar as aulas. Para a escola será muito bom, porque irá mudar a visão da comunidade com relação à escola. A comunidade irá ter uma nova visão de escola”.