quarta-feira, 28 de maio de 2014

Estudantes da escola Anísio Teixeira levam Copa do Mundo para dentro da sala de aula


Faltando menos de duas semanas para o início dos jogos da Copa do Mundo de Futebol, evento que marcará a capital potiguar por ser uma das sedes do mundial, estudantes da Escola Estadual Professor Anísio Teixeira abordaram toda a temática relacionada ao campeonato da FIFA no projeto Copa do Mundo no Brasil: Um sonho de conhecimento. Na noite de ontem (27), ocorreu à conclusão dos trabalhos, marcada pela grande celebração do futebol.


Contando com a participação de 301 estudantes, matriculados no Ensino Médio Noturno Diferenciado, e mobilizando 13 professores, o projeto multidisciplinar contou com diversas atividades, como a produção de vídeos apresentando os desafios para Natal ser sede do campeonato, apresentação de trabalhos que mostram a diversidade de povos que estarão no país durante os jogos, construção de maquetes dos estádios, detalhamentos das características técnicas da Arena das Dunas e palestras sobre os ganhos da copa, como a realizada pelo professor Ítalo Medeiros, que falou do legado da Copa do Mundo no RN.


Representantes da 1ª Dired e Secretaria de Educação também estiveram presentes no evento que serviu de encerramento do 1º semestre de trabalhos da escola. Pela Regional de Ensino esteve presente a professora Maria José, coordenadora, e representando a Subcoordenadoria de Ensino Médio a professora Lourdes Julião acompanhou as atividades. “os estudantes envolvidos no projeto mostraram o que representa a Copa do Mundo: uma festa rica em diversidade e que é capaz de unir as pessoas por meio do esporte”, explicou Lourdes.


A Copa do Mundo é uma oportunidade para que as escolas trabalhem valores como cidadania, esporte, participação popular, cultura mundial e promover o espírito de competitividade. Observando sempre as oportunidades que o campeonato pode gerar, a Secretaria de Educação apóia as práticas pedagógicas  que envolvem a disputa do mundial da FIFA.

Confira a galeria de imagens do projeto Copa do Mundo no Brasil: um sonho de conhecimento clicando aqui.

Governadora visita obras do Centro de Educação Profissionalizante em Pitimbu


A Governadora Rosalba Ciarlini visitou nesta quarta-feira (28) a obra de construção do Centro Estadual de Educação Profissional e Tecnológica Prof. João Faustino, no bairro Pitimbu, acompanhada da Secretaria Estadual de Infraestrutura, Kátia Pinto e do Secretário Estadual Adjunto de Educação, Joaquim Oliveira.

A obra está com 80% dos serviços concluídos. 55 pessoas trabalham em toda obra. No prédio principal os trabalhos se concentram na aplicação de gesso, piso e guarda corpo.  Toda a parte de revestimento e instalação elétrica está pronta. O ginásio poliesportivo recebeu a estrutura metálica, restando o piso e o telhado para a finalização. Os laboratórios e auditório estão na fase de acabamento com a colocação de forro, pintura e piso. A conclusão geral da obra está prevista para o mês de outubro.


O Centro Tecnológico terá capacidade para ensino de 1500 alunos. Com estrutura para ensino em tempo integral, com conteúdo normativo e cursos profissionalizantes. O espaço inclui 12 salas de aula, laboratórios, ginásio poliesportivo, auditório, anfiteatro e refeitório. Investimento de R$ 6,5 milhões. “O regime de tempo integral vai permitir que os estudantes terminem o ensino médio com uma profissão, preparados para o mercado de trabalho, por isso teremos uma estrutura realmente completa”, disse a governadora.


Ao todo serão 10 Centros de Educação Profissional e Tecnológica em todo estado. Os outros estão sendo construídos na Zona Norte, no bairro do Parque dos Coqueiros; e em mais oito cidades do Rio Grande do Norte: Ceará-Mirim, Parnamirim, Macaíba, Extremoz, São Gonçalo, Alto do Rodrigues, Mossoró e Tibau do Sul. Os cursos profissionalizantes vão atender as demandas específicas onde as unidades estão sendo construídas. 

“Nós tivemos a preocupação de escolher as áreas que não são atendidas pelos institutos federais para dar oportunidade de ensino e profissionalização para ainda mais pessoas em todo estado, sem dúvida isso trará um salto para educação estadual”, disse o Secretário Estadual Adjunto de Educação.