quarta-feira, 19 de março de 2014

Sisutec oferece vagas de ensino técnico até sexta-feira


Segue até o dia 21 deste mês as inscrições para a oferta de Cursos Técnicos de Nível Médio do Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica – Sisutec. Podem se inscrever estudantes que participaram do Enem de 2013 e obtiveram nota superior a zero na redação. É necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem de 2013.

Ao fazer a inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisutec. O candidato também deve definir se deseja concorrer às vagas destinadas aos estudantes que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral, ou às vagas reservadas a negros, pardos e indígenas que tenham cursado o ensino médio completo em escola da rede pública ou em instituições privadas na condição de bolsista integral, especificamente para acesso às vagas ofertadas pelas instituições federais de ensino ou às vagas destinadas à ampla concorrência.

Serão considerados selecionados somente os candidatos classificados dentro do número de vagas ofertadas pelo Sisutec, sendo utilizado como critério de classificação, a nota do Enem.

No Estado a Escola Agrícola de Jundiaí, Escola de Enfermagem de Natal; Sistema S: Senac e Senai e algumas Universidades Privadas disponibilizam vagas para o Sisutec. Os cursos serão ofertados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - PRONATEC e são gratuitos. A Subcoordenadoria de Educação Profissionalizante (SUEP) é quem monitora as ações do Sisutec na Secretaria de Educação do RN.

Após a divulgação do resultado os selecionados deverão comparecer a instituição ofertante do Curso de posse dos seus documentos para confirmar a matrícula. No período de 07 a 13/04, serão abertas inscrições on-line para vagas remanescentes e pode se inscrever quem concluiu o Ensino Médio, fez Enem antes de 2013 e também para quem não fez Enem e está dentro dos critérios do Programa. 

Confira datas e etapas do Sisutec 2014.1: 

Inscrições: 17/03 a 21/03 (às 23h59)
Resultado da Primeira chamada: 25/03
Matrícula (1ª chamada): 26/03 a 28/03 
Resultado da Segunda chamada: 01/04
Matrícula (2ª chamada): 02/04 a 04/04
Inscrição on-line para vagas remanescentes: 07/04 a 13/04
Matrícula on-line para vagas remanescentes: 07/04 a 15/04

Governo encaminha projeto que revisa Plano de Carreira do Magistério para Assembleia Legislativa

A governadora Rosalba Ciarlini encaminhou para apreciação da Assembleia Legislativa o projeto de lei que revisa a Lei Complementar 322, de 2005, alterando o Plano de Cargos, Carreira e Remuneração do Magistério. A principal mudança, proposta pela secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho, revisa o texto do artigo 45, que diz respeito a mudança de nível e progressão de carreira.

“De acordo com a lei em vigor, o professor ou especialista em Educação muda de nível, a partir de uma especialização, mestrado ou doutorado, mas retroage na classe, perdendo uma ou duas letras. Com essa mudança, ele vai avançar no nível, sem alteração da letra, conquistando um benefício no salário consideravelmente superior ao que recebe hoje ao se qualificar”, detalhou a secretária Betania Ramalho.

O projeto revisa ainda alguns trechos do Plano de Cargos do Magistério, como os que dizem respeito a jornada de trabalho, oficializando o que já está sendo praticado pela Secretaria de Estado da Educação, de acordo com a Lei Nacional do Piso. Com isso, a jornada estadual anterior, com 24 horas semanais para exercício em sala de aula e 6 horas para planejamento, será alterada oficialmente para 20 horas em sala e 10 horas para planejamento.

O Estado já cumpre essa organização na jornada do professor desde o ano passado, em acordo com a lei federal, mas a atualização do texto da lei estadual também é necessária e será feita agora.

Com o encaminhamento do projeto que revisa o Plano de Cargos do Magistério, o governo zera a sua pauta de benefícios represados com a categoria dos professores. Desde 2011, o Governo do RN concedeu aos professores da rede estadual de ensino um ganho real de 91,5% de reajuste salarial para ativos e aposentados nesses três anos; O último reajuste de 8,32% foi concedido em janeiro de 2014 para ativos e inativos. Na prática, o professor em início de carreira, somente com a graduação, sem especialização, mestrado ou doutorado, recebia um salário de R$ 930,00 quando a nossa gestão iniciou e agora está recebendo R$ 1.780,00.

Foram encaminhados anteriormente e aprovados três importantes projetos para Assembleia Legislativa , entre eles o que reajusta o valor da gratificação dos diretores e vice-diretores das escolas, chegando a dobrar, em alguns portes, o valor do benefício; além disso, o governo liberou a progressão horizontal, concedendo uma letra no plano de carreira a todos os professores e especialistas em Educação, sem a necessidade de avaliação, garantindo mais 5% de reajuste no salário, fora os 91,5% de reajuste acumulado.

Alunos da rede estadual participam da maior feira de ciências e engenharia do país

Em 2013, estudantes potiguares conquistaram 1º lugar em duas categorias da FEBRACE. Foto de Demis Roussos

22 estudantes  e nove professores participam até esta quinta-feira (20), em São Paulo, da Feira Brasileira de Ciência e Engenharia da USP - Febrace. As equipes representam escolas estaduais dos municípios de Antônio Martins, Apodi, Mossoró, Paraú, Tibau e Umarizal e foram formadas a partir das pesquisas de iniciação científica que vem sendo trabalhadas pelos professores desde o nao passado, para que os projetos fossem desenvolvidos em nível de excelência científica e representassem bem a iniciação científica do Estado.

Neste ano, os projetos que se destacaram foram: Uso da casca de castanha como fonte de energia para indústria de cerâmicas; Caracterização e estudo da estabilidade oxidativa do biodiesel de sebo bovino em diferentes condições de armazenamento; Dispositivo de segurança por sensoriamento em ultrapassagem; o reaproveitamento do óleo de cozinha para a fabricação do sabão; Avaliação do potencial eólico do município de Apodi; Real-brasileirismo: uma proposta para mudança de atitude; Tibau rumo à sustentabilidade, através da cultura do coco; e Uso da naturopatia no tratamento de ferimentos cutâneos.

São oito os projetos potiguares que estão concorrendo com todo o Brasil, a uma vaga para representar o país na Feira Internacional de Ciências e Engenharia da Intel, em Los Angeles (EUA). Ao longo do ano passado, os estudantes enfrentaram várias etapas de avaliação, para poder apresentar suas pesquisas na FEBRACE. Os trabalhos foram selecionados, durante as feiras de ciências organizadas pela Secretaria de Estado da Educação, em parceria com a UFERSA e a UERN. 

Durante a seleção estadual, os projetos foram submetidos a rigorosos critérios de avaliação, desde o uso do método científico, criatividade e relevância, clareza e objetividade na exposição do projeto e profundidade da pesquisa. Quando forem avaliados na FEBRACE, os mesmos critérios serão observados pela comissão julgadora, com igual peso para os trabalhos das quatro regiões do País.

Esse é o terceiro ano que a Educação Pública Estadual reserva seu espaço na Febrace, impulsionada pelo incentivo que a Secretaria de Estado da Educação tem dado a produção científica nas escolas, através do projeto RN Ciência. “Muitos prêmios nacionais e internacionais já foram conquistados por nossos estudantes nos dois primeiros anos e o nosso desejo é que essas conquistas sejam replicadas a partir do exemplo de jovens como os da Zona Rural de Apodi, que ano passado conquistaram o primeiro lugar da FEBRACE, nas categorias Empreendedorismo e Ciências Agrárias”, ressaltou a secretária Betania Ramalho.

Em 2013, além do destaque na FEBRACE, os estudantes Antonio Geracino, Francisco Jociel e Huguenberg Santos, da Escola Estadual Zenilda Gama, da Zona Rural de Apodi, conquistaram 30 minutos de exposição nacional no Quadro Jovens Inventores, do programa Caldeirão do Huck, da Rede Globo. Eles desenvolveram um revestimento a base da cera do mel de abelha, capaz de oferecer mais durabilidade aos frutos.

No ano anterior, os estudantes Jonas Medeiros, Marcondes Matheus e Flávia Kaliny, foram selecionados para participar da Feira Internacional de Empreendedorismo Produtivo, Ciências e Cultura do Equador, a partir do desempenho na FEBRACE. Logo depois, também conquistaram passaporte para o Fórum Internacional de Ciências de Londres (Inglaterra), com o apoio incondicional da Secretaria de Estado da Educação.
A delegação potiguar que participa da FEBRACE 2014 retorna ao Estado na próxima sexta-feira (21). Com o apoio do Governo do Estado, os estudantes embarcaram para São Paulo no último sábado (15), acompanhados de professores e diretores das regionais de educação em que suas escolas estão situadas.