domingo, 1 de dezembro de 2013

SIGEduc é utilizado na eleição para diretor das escolas estaduais


Pais, alunos, professores e servidores de 69 escolas estaduais de Natal participam nesta segunda-feira (2), da escolha de seus diretores. Desde a última segunda-feira (25), a Secretaria de Estado da Educação, por meio da Coordenadoria dos Órgãos Regionais de Educação e da Comissão Central de Gestão Democrática, promove eleições para gestores de 300 escolas da rede estadual em todas as regiões do Rio Grande do Norte.

A novidade para este ano é a utilização do Sistema Integrado de Gestão da Educação – SIGEduc, no processo de votação. “O nosso objetivo foi modernizar e agilizar o processo, acabando definitivamente com a votação manual. No ano passado, já havíamos utilizado um aplicativo de computador para a votação, mas esse ano resolvemos agregar o aplicativo ao SIGEduc, tornando o processo ainda mais rápido e seguro”, revelou a secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho.

De acordo com o coordenador dos órgãos regionais de Educação, Eduardo Colin, o desafio foi implantar o sistema de forma rápida e simultânea em todas as escolas do estado em que estavam programadas as eleições. “Para isso, realizamos treinamentos com os responsáveis pelas eleições nas Diretorias Regionais de Educação – DIRED, e com os presidentes das comissões eleitorais das escolas. Até o momento, nas regionais em que as eleições ocorreram, como Parnamirim, Nova Cruz, Mossoró e Pau dos Ferros, o resultado da utilização do sistema tem sido muito satisfatório.”

O presidente da Comissão Central de Gestão Democrática, secretário adjunto da Educação, professor Joaquim Oliveira, explica que as eleições ocorrem todos os anos. “Em um ano realizamos o processo para uma parte das escolas da rede, enquanto no ano seguinte há eleições para a parte restante. O mandato do diretor é de dois anos, podendo ser reeleito para mais dois anos. Compõem a chapa diretor e vice, coordenadores administrativo, pedagógico e financeiro.”

Até agora, já escolheram seus gestores para o biênio 2014/2015, as escolas estaduais das regionais de Parnamirim, Nova Cruz, São Paulo do Potengi, Ceará-Mirim, Macau, João Câmara, Assú, Mossoró, Umarizal, Angicos, Apodi e Pau dos Ferros. Nesta segunda (2), é a vez das escolas de Natal. Já as escolas das regionais de Santa Cruz, Currais Novos e Caicó escolhem seus gestores na terça-feira (3).

Entre as unidades que escolherão seus gestores nesta segunda, em Natal, estão as escolas Wiston Churchill, Luis Soares, Francisco Ivo, Edgar Barbosa, Mascarenhas Homem, Walfredo Gurgel, Raimundo Soares, Ana Julia Mousinho, Antonio Pinto de Medeiros e Berilo Wanderley

Caldeirão do Huck mostrou descoberta de alunos do estado



A Educação do Rio Grande do Norte foi destaque do programa Caldeirão do Huck deste sábado (30), na TV Globo, ocupando meia hora da programação nacional. Na ocasião, o quadro Jovens Inventores mostrou a descoberta dos estudantes Antonio Geracino, Francisco Jociel e Huguenberg Santos, da Escola Estadual Zenilda Gama, da Zona Rural de Apodi. Eles desenvolveram um revestimento a base da cera do mel de abelha, capaz de oferecer mais durabilidade aos frutos.

A pesquisa dos jovens inventores de Apodi é fruto do incentivo à iniciação científica, que a Secretaria de Estado da Educação tem promovido, desde 2011, através do projeto RN CIÊNCIA. O projeto consiste em incentivar professores e alunos a desenvolverem pesquisas de iniciação científica para participarem das feiras regionais promovidas pela Secretaria da Educação, em parceria com a UFERSA, UERN e UFRN.

Secretária conhece pesquisa dos estudantes durante RN CIÊNCIA, no final de 2012

O resultado desse trabalho é apresentado anualmente durante a Feira de Ciências para Todos no Semi-Árido, em Mossoró, e a CIENTEC/UFRN, em Natal, com a Mostra de Iniciação Científica RN CIÊNCIA, do Governo do Estado, que ocupa um pavilhão inteiro do evento promovido pela Universidade Federal. Somente em 2013, o investimento da Secretaria de Estado da Educação na iniciação científica, por meio da realização de feiras e apoio logístico para participação dos estudantes em eventos nacionais e internacionais chega a meio milhão de reais.

Foi com esse apoio, que os estudantes de Apodi, orientados pela professora Gidélia Costa, participaram, em São Paulo, da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, da USP, em março de 2013, onde conquistaram o primeiro lugar nas categorias Empreendedorismo e Ciências Agrárias. Os alunos potiguares também foram convidados para publicar a pesquisa na revista Inciência e para apresentá-la na Feira Nordestina de Ciência e Tecnologia.

Governadora Rosalba Ciarlini homenageia estudantes após conquista na FEBRACE, em março de 2013

Para a secretária de Estado da Educação, Betania Ramalho, resultados como esse, servem de incentivo para a equipe da secretaria, que tem se empenhado para construir uma escola viva, onde o professor e o aluno são as atores principais. “A nossa intenção é investir mais em iniciação científica e em projetos que promovam um interesse maior do aluno pela escola. Esse é o caminho que temos construído e os resultados estão aí para mostrar que estamos no rumo certo.”

Por conquistarem a nota máxima dos avaliadores do quadro Jovens Inventores, Antonio Geracino, Francisco Jociel e Huguenberg Santos saíram do programa Caldeirão do Huck, com R$ 30 mi, para investirem na comercialização do produto que inventaram.