sexta-feira, 21 de junho de 2013

Sete estudantes do RN conquistam medalhas de ouro em Olimpíada de Matemática

A secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho, participou no início da tarde desta quarta-feira (19), no Rio de Janeiro, da entrega de medalhas da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas – OBMEP 2012. Ela acompanhou os sete estudantes do Rio Grande do Norte, que conquistaram medalhas de ouro na competição. O Rio Grande do Norte foi um dos que mais se destacaram entre os estados de mesmo porte.

A cerimônia contou com a participação do ministro da Educação, Aluizio Mercadante, e do ministro de Ciências, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, que entregaram medalhas de ouro, prata e bronze a alunos de 159 escolas do país. Mais de 19 milhões de estudantes de todo os estados se inscreveram na OBMEP 2012. Em seu discurso, Raupp enfatizou o apoio dos pais, o empenho dos professores e dos diretores das escolas, além de ressaltar o trabalho das secretarias de Educação para o envolvimento cada vez maior dos alunos.

Já o ministro Mercadante aproveitou a ocasião para anunciar um programa que vai oferecer 100 mil bolsas para alunos da rede pública, na área das ciências, biologia, química e matemática, com participação garantida para os estudantes que receberam medalhas na OBMEP. “Esses estudantes receberão uma bolsa mensal de 150 reais para trabalhar como monitor de matemática na escola.”

“Aqui está a elite da Matemática do nosso país. Numa comparação com a rede privada, afirmo seguramente que o topo da rede pública se iguala ou até supera.  Esses alunos, professores e gestores são a prova de que toda escola pública pode ser uma boa escola e todo aluno de escola publica, pode ser um bom aluno. Vocês são a elite porque em meio a mais de 19 milhões de concorrentes, conseguiram alcançar um nível de excelência”, ressaltou o ministro da Educação.
Mercadante também anunciou que a presidente Dilma Roussef irá sancionar a lei que torna o dia 6 de maio o Dia Nacional da Matemática, e falou sobre as mudanças que deverão ocorrer no currículo do Ensino Médio, com a reunião das disciplinas por áreas de conhecimento. “Já estamos discutindo esse redesenho com os secretários de Educação de todo o país, que deverá sair em breve.”

Secretária e ministros da Educação e da Ciência e Tecnologia

À secretária Betania Ramalho, Mercadante parabenizou pelo resultado do Estado na Olimpíada. O cumprimento foi reforçado pelo o coordenador regional da Olimpíada, professor Joaquim Elias. Segundo ele, esse foi o melhor resultado obtido pelos potiguares desde a primeira participação do Estado na OBMEP, em 2005.
Ao comemorar o resultado, Betania Ramalho avaliou que essa é mais uma prova do potencial dos alunos da rede pública, e que o Rio Grande do Norte está acompanhando o crescimento do desempenho do Brasil na área das ciências e da Matemática. “O estudo apresentado durante a cerimônia, comparando o Brasil aos países desenvolvidos, numa curva ascendente,  mostra essa aproximação.”

A secretária complementou sua fala, fazendo um chamado aos professores e gestores. “Ao observar os resultados, percebi que os alunos que mais se destacaram na Olimpíada de Matemática são do sexo masculino, por isso faço um chamado aos pais, professores e gestores, para incentivarem as alunas a aprenderem mais sobre essa área do conhecimento. Elas também tem muito potencial.”

Secretária e Darlan Gabriel, Escola Estadual de Acari

Do Rio Grande do Norte, conquistaram medalhas de ouro os estudantes Darlan Gabriel de Medeiros Macedo, da Escola Estadual Dr. José Gonçalves de Medeiros (Acari); Juscelino Pereira de Araújo, do IFRN (Caicó); Nalbert Pietro Martins da Costa, da Escola Municipal Quarto Centenário (Natal), Edivania de Melo Silva, do IFRN (João Câmara); Leonardo Silva Nóbrega, Rannypetson Souza da Silva, e Lucas Torres de Souza, ambos do IFRN (Natal). O professor Antonio Roberto da Silva, do IFRN (Natal), também foi homenageado pelo desempenho no projeto.