domingo, 21 de abril de 2013

Governo do RN convocará 1.200 professores para cinco polos

Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta sexta-feira (19), a governadora Rosalba Ciarlini anunciou a convocação de 1.200 professores para a rede pública de ensino do Rio Grande do Norte. A princípio, 600 profissionais terão os nomes publicados no Diário Oficial do Estado (DOE) até o próximo dia 27 de abril deste ano. Os demais serão convocados em até 60 dias, o que garante mais agilidade ao processo de admissão e direciona os professores para suprir a necessidade das escolas em todas as regiões do estado.

A primeira metade dos educadores será distribuída para os polos 1 e 4, que apresentam maior necessidade atualmente. Os aprovados para o Polo 1 serão encaminhados prioritariamente para as escolas da Zona Norte da capital e os convocados para o Polo 4 serão direcionados para a região de Angicos, da 8ª Diretoria Regional de Educação - DIRED.

De acordo com a governadora Rosalba Ciarlini, a convocação dos professores “atende uma demanda urgente porque todos os 1.200 educadores estão substituindo os profissionais que se aposentaram ou que não se apresentaram na última convocação feita”, falou a governadora lembrando o aumento de 76,8% concedido ao setor que já tem 3.123 professores convocados por concurso público desde 2011.

A secretária de Estado da Educação e da Cultura, Betania Ramalho, lembrou o esforço do Governo do RN para realizar o primeiro concurso desde 2005. “Tivemos a responsabilidade e um grande peso para reordenar tudo isso. Então, estamos fazendo a convocação e diagnosticando onde está a maior demanda de professores para direcionamento imediato”, disse.

Tablets são entregues aos professores do Ensino Médio das regiões de Umarizal e Ceará-Mirim

A entrega de tablets aos professores de Ensino Médio continua por todo o Estado. Nos dias 18 e 19 foi a vez das DIREDS de Umarizal e Ceará-Mirim.

Em Umarizal, 131 professores foram beneficiados.

Em Ceará-Mirim, 179 professores receberam seus tablets das mãos do secretário-adjunto da Educação, professor Joaquim Oliveira, e da diretora da DIRED, Ana Patrícia Palhares.