domingo, 25 de novembro de 2012

Secretária de Educação recebe homenagem da Polícia Militar



A secretária de Estado da Educação, professora Betania Ramalho, participou da cerimônia de comemoração dos 178 anos da Polícia Militar do Rio Grande do Norte, que ocorreu na última sexta-feira (23), no Centro de Convenções de Natal. Na ocasião, ela recebeu a medalha "Amigo da Polícia" pela parceria em trabalhos como o Programa Educacional de Resistência às Drogas - PROERD.

Da Secretaria de Educação, foi homenageado ainda com a medalha o professor João Maria Mendonça, presidente do Conselho Estadual de Promoção da Paz nas Escolas.

Professores do Estado são selecionados para intercâmbio nos Estados Unidos

O Ministério da Educação, a Embaixada dos EUA e a Comissão Fulbright, que oferece bolsas de estudos para brasileiros e norte-americanos estudantes de graduação, pós-graduação, professores e pesquisadores, selecionou 11 professores de Língua Inglesa da rede estadual do Rio Grande do Norte para um curso de seis semanas do Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Língua Inglesa, nos Estados Unidos.

O curso acontece entre os dias 12 de janeiro e 22 de fevereiro de 2013, com o objetivo de melhorar a fluência oral e escrita na Língua Inglesa e promover o compartilhamento de metodologias de ensino e avaliação que estimulem a participação do aluno em sala de aula, além, do uso de recursos on-line e outras ferramentas, na formação continuada de professores e na preparação de planos de aula.

Todas as despesas do curso correrão por conta do programa, que dispõe de alojamentos para os participantes nos campus das 22 universidades envolvidas, e proporcionará alimentação, seguro-saúde, passagens áreas e material escolar. É uma iniciativa inovadora e importante, que busca fortalecer o ensino da Língua Inglesa no Brasil.

Os interessados em participar da próxima edição do programa devem possuir nacionalidade brasileira, residir no Brasil, ser professor de inglês em exercício da rede pública de ensino básico, fazer a inscrição no site da Comissão Fulbright (www.fulbright.org.br) e realizar o teste gratuito de proficiência em inglês.

Da rede estadual do Rio Grande do Norte foram selecionados os professores:

Adriana Assis de Aquino - Colégio Estadual Atheneu Norte-riograndense/Natal;

Ana Valéria Antunes Gondim dos Santos - Escola Estadual Roberto Krause/Parnamirim;

Emílio Augusto Ferreira da Silva – Escola Estadual União do Povo/Natal;

Francisca Rosineide da Silva – Escola Estadual Jerônimo Rosado/Mossoró;

Hemilene Emília Soares Pereira – Escola Estadual Walter Duarte Pereira/Natal;

José Rosamilton de Lima – Escola Estadual Vicente de Fontes/José da Penha;

Leudson Sandecley Almeida de Souza – Escola Estadual Gov. Dix-Sept Rosado/Mossoró;

Márcio de Melo Lima – Escola Estadual João Ferreira de Souza/Santa Cruz;

Marta Joelma Bezerra – Escola Estadual Monsenhor Joaquim Onório/Guamaré;

Vitória Maria Avelino da Silva Paiva – Escola Estadual Pedro II/Lajes;

Wallace Moura da Costa – Escola Estadual Belmira Lara/São José do Campestre.

Aluno da rede estadual integra delegação brasileira de Jovens Embaixadores

O estudante José Gildson Pereira, da Escola Estadual Terezinha Carolino, de Jaçanã, foi selecionado para integrar a delegação de 36 jovens que irá representar o Brasil nos Estados Unidos, por meio do Programa Jovens Embaixadores. Ele foi escolhido em meio a 167 candidatos inscritos em todo o país, mantendo a cadeira conquistada pelo Rio Grande do Norte no ano passado, quando a aluna Késia Nunes, do IFRN-Mossoró, foi selecionada.

Voltado para alunos do Ensino Médio, o Programa Jovens Embaixadores é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos no Brasil, em parceria com setores públicos e privados de ambos os países. O programa beneficia alunos brasileiros da rede pública com excelente desempenho escolar, que falam inglês, pertencem às camadas sociais menos favorecidas, têm perfil de liderança e prestam serviço voluntário, sendo exemplos em suas comunidades. O embarque para a viagem de três semanas pelos Estados Unidos está marcado para o dia 6 de janeiro de 2013.

Jornada Pedagógica discute Educação do Campo e da Diversidade

Professores e representantes das classes indígenas, quilombolas, ciganos, assentados e de matrizes africanas, participaram neste final de semana da III Jornada Pedagógica de Educação do Campo e da Diversidade, realizada pela Secretaria de Estado da Educação. O evento ocorreu no auditório Angélica Moura, da SEEC, e teve como tema “Educação como Exercício de Diversidade”.

O objetivo foi compreender as causas políticas, econômicas e sociais de fenômenos como racismo, discriminação, preconceito e etnocentrismo. Além de proporcionar aos participantes uma reflexão sobre o papel da escola na construção de um espaço democrático na luta contra o preconceito nas diferentes representações sociais. Entre as atividades, foram promovidas palestras e exposições nos grupos de trabalho durante os dias 23 e 24 de novembro.

Responsável por abrir os trabalhos da jornada, o secretário-adjunto da Educação, professor Joaquim Oliveira, deixou sua mensagem sobre a importância das discussões. “A diversidade no contexto escolar também integra o conceito de educação, uma vez que entre suas funções está a transmissão de conhecimento, de conceitos éticos, morais, e a exploração das potencialidades de cada um, dentro da sua diversidade.”

Para a coordenadora de Desenvolvimento Escolar da SEEC, professora Isabel Maria Pinheiro, educar na diversidade é um desafio. “Acima de tudo porque precisamos pensar no que deve ser feito em relação ao futuro para os preconceitos diminuírem. Precisamos educar nossas crianças contra o preconceito.”