sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Time da Educação conquista 3º lugar na Copa de Futebol da Semana do Servidor


A equipe da Secretaria de Estado da Educação conquistou o terceiro lugar no Campeonato de Futebol do Centro Administrativo, promovido pelo Governo do Estado, durante as comemorações da semana do servidor. Ao lado dos atletas, o subsecretário de Educação do Estado, José Pereira Neto.

Secretária reúne professores e gestores do Programa Escola Ativa

Para dar continuidade ao processo de construção do Programa de Educação do estado do Rio Grande do Norte, a secretária Betania Ramalho debateu na manhã desta sexta-feira (26), com professores e gestores do Programa Escola Ativa, que reúne as escolas estaduais do campo. O evento, organizado pela Coordenadoria de Articulação com os Sistemas de Ensino, ocorreu no Praiamar Hotel.

Na oportunidade, a secretária aproveitou para lembrar que as escolas do interior tem alcançado bons resultados em relação às escolas da capital, mas ainda é preciso avançar contra algumas deficiências. “Desde a 1ª jornada pedagógica sentíamos a necessidade de uma unidade, um foco na escola e na valorização do professor como metas para o nosso programa de educação”, disse.

Para a professora Elizama Martins, da Escola Estadual Diogo Lopes, de Macau, é de grande importância a nova cartilha da SEEC para educar não apenas alunos, mas também os professores que passam a ser gestores do ensino na sala de aula. “A discussão reafirma o que vem sendo discutido na nossa formação para as atividades em sala de aula. É a esperança de que uma educação mais humanizada possa se concretizar”, disse.

O Programa de Educação da SEEC tem sete dimensões e dez ações prioritárias distribuídas em referências curriculares, como planos para o Estado e municípios, modernização do sistema de informações via SIGAEduc e formação pedagógica.



Escola Estadual Belém Câmara é destaque da Gincana Cultural dos JERNS


Única escola estadual na Gincana Cultural do JERNS conquista o 5º lugar
A Escola Estadual Belém Câmara, de Natal, única representante do ensino público estadual a participar da Gincana Cultural dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte – JERNS, obteve destaque na nova modalidade. Apesar de estarem sozinhas em meio aos vários estudantes das escolas particulares, as alunas Luana Maria Pereira Linhares e Natália Lisboa Arruda Pinheiro, conquistaram o 5° lugar na categoria Produção Textual e Perguntas e Respostas.

Educação faz balanço positivo dos JERNS



A quadragésima segunda edição dos Jogos Escolares do Rio Grande do Norte foi encerrada esta semana com balanço positivo. Pelo segundo ano consecutivo, não houve problemas de violência e tanto a abertura como todas as competições foram tranquilas, com a disputa ocorrendo apenas dentro das quadras. Em 2012, os JERNS reuniram mais de 32 mil atletas, levando-se em conta as fases regionais. 13 mil e 500 estudantes participaram apenas da etapa final, em Natal.

Entusiasta do desporto escolar, a Secretária de Estado da Educação, Betania Ramalho, está satisfeita com o resultado, principalmente pelo envolvimento dos estudantes. “Foi bonito de ver, por exemplo, a alegria dos mil estudantes do interior que ficaram hospedados na Pousada do Atleta, do Caic Lagoa Nova. Momentos como esses, em que eles contavam até mesmo com uma programação cultural, fora do horário dos jogos, tem um poder enorme de estreitar os laços do aluno com a escola.”.

Segundo Betania Ramalho, ao lado de programas como o Mais Educação, Ensino Médio Inovador, Pronatec, e tantos outros adotados pela secretaria, os JERNS é um instrumento para que o aluno tenha mais interesse na escola e consequentemente obtenha bons resultados não apenas dentro das quadras, mas na sala de aula. “Por isso estamos investindo tanto numa verdadeira transformação do Desporto Escolar do Rio Grande do Norte. E o primeiro desafio é fazer a Educação Física funcionar em sua plenitude durante todo o ano e não apenas durante os JERNS. É uma prioridade nossa.”

Novidade da edição deste ano, a Gincana Cultural dos JERNS, que envolveu estudantes em torno de apresentações culturais, disputa de perguntas e respostas e produção de textos, também contribuiu para o sucesso dos jogos. “A gincana foi uma maneira de agregar ao viés esportivo dos JERNs um lado pedagógico. A nova modalidade foi muito bem aceita, com boa participação dos alunos da rede pública e privada e aqui eu faço referência à Escola Estadual Belém Câmara, que se destacou na categoria Juvenil”, disse a professora Isabel Maria Pinheiro, coordenadora de Desenvolvimento Escolar, da Secretaria de Educação.

Quem também falou sobre os JERNS foi o coordenador de Desportos, da Secretaria de Educação, e responsável pelos jogos, Osvaldo Neto. Para ele, todas as metas da CODESP para este ano foram alcançadas. “E a principal delas foi a paz que reinou em todos os locais de competição. O destaque foi somente para o esporte e para as habilidades dos nossos atletas dentro de quadra. Todas as 28 modalidades ocorreram dentro do planejado e do cronograma elaborado pela Comissão Organizadora”, ressaltou.

“Esse é o momento de iniciarmos uma avaliação mais profunda, para que possamos promover um evento ainda melhor no ano que vem. Mas podemos adiantar que os jogos ocorreram com grande participação e entusiasmo de alunos e treinadores. Agradeço o empenho de todos e não posso esquecer da arbitragem, afinal sem o apoio decisivo dos árbitros não seria possível realizar uma competição tão grandiosa quanto os JERNS”, concluiu Osvaldo Neto.

Último dia de matrículas para alunos com deficiência, em Natal

Termina nesta sexta-feira (26), o período de matrículas 2013 para os estudantes com deficiência que irão ingressar na rede estadual de ensino, em Natal. O prazo é o mesmo para os que irão ingressar na rede municipal. A diferença é que as matrículas devem ser feitas de forma presencial nas escolas municipais.

Para matricular-se em uma das 112 escolas estaduais da capital, o aluno ou responsável deve acessar o Sistema Integrado de Gestão da Educação – SIGEduc, através do endereço www.sigeduc.rn.gov.br e solicitar a matrícula. No ato da solicitação, poderão ser escolhidas duas opções de escolas. Essa é a primeira vez que o procedimento é feito pelo novo sistema.

Para os estudantes do interior, onde o SIGEduc deve chegar em 2014, a matrícula continua ocorrendo de forma presencial, com o aluno ou responsável se dirigindo para a própria escola. Fora da capital, o prazo é maior e vai até o dia 22 de novembro. De acordo com a subcoordenadora de Educação Especial da Secretaria de Estado da Educação, Márcia Pinheiro, as matrículas para os alunos com deficiência são antecipadas porque a unidade escolar precisa se preparar para recebê-lo.