quinta-feira, 20 de setembro de 2012

Formação de candidatos à direção das escolas é encerrada com palestras sobre gestão de pessoal e liderança


Os candidatos à direção das escolas estaduais para o biênio 2013-2014 participam nesta sexta-feira (21), no Praiamar Hotel, em Natal, do segundo e último dia do Curso de Formação de Gestores Escolares, promovido pela Secretaria de Estado da Educação. Esta é a primeira vez que o curso é oferecido antes das eleições.

Nesta quinta-feira (20), a conferência de abertura foi realizada pela assessora pedagógica da SEEC, professora Adriana Valéria Diniz, sobre o perfil do novo gestor escolar. O primeiro dia contou ainda com palestras sobre a política educacional do Estado e sobre a estrutura e funcionamento da secretaria.

A programação desta sexta-feira, pela manhã, vai contar com palestras do secretário-adjunto de Educação, professor Joaquim Oliveira, sobre gestão de pessoal, e do professor Jaime Biella, da UFRN, sobre relações humanas e ética no ambiente de trabalho. À tarde, o professor Geraldo Margela, da UFRN, fala sobre Cultura, Democracia e Educação, e o professor Fernando Sá Leitão, do SEBRAE, faz palestra sobre o papel da liderança na implementação da gestão estratégica.

O secretário-adjunto de Educação, professor Joaquim Oliveira, ressaltou a importância da formação. Segundo ele, isso tudo faz parte de um processo para que, antes mesmo de assumir os cargos, os candidatos tenham conhecimento de causa de como funciona a secretaria. Ele confirmou ainda que após as eleições, os novos gestores terão encontros periódicos para aperfeiçoarem os conhecimentos.

As eleições para direção das escolas vão ocorrer em diferentes datas nas seguintes especificações, de acordo com cada Diretoria Regional de Educação: 8ª, 13ª e 15ª DIRED, no dia 17 de outubro; 7ª, 9ª e 10ª DIRED, no dia 30 de outubro; 11ª,12ª, e 14ª DIRED, no dia 18 de outubro; 2ª, 3ª e 4ª DIRED, no dia 6 de novembro; 5ª, 6ª e 16ª, no dia 8 de novembro; e 1ª DIRED no dia 13 de novembro.

As inscrições para o processo ocorrerão nas unidades de ensino até 30 dias antes das eleições. Já os candidatos devem pertencer ao quadro efetivo da escola, por no mínimo dois anos ininterruptos, possuir licenciatura em educação e não ter processo administrativo algum no setor público, além de participar do curso de formação.

Podem participar do processo de escolha de diretores e vices, servidores efetivos do quadro da Secretaria de Estado da Educação e por alunos maiores de 12 anos da rede estadual de ensino, via sistema eletrônico disponível nas escolas. A comissão eleitoral democrática é composta por representantes da SEEC, Associação Nacional de Administração Escolar - AMPAE, Associação Potiguar de Estudantes Secundaristas – APES, e Sindicato dos Trabalhadores em Educação - SINTE.

O resultado das eleições será anunciado nos mesmos dias de votação. Nomeação e posse estão previstas para os dias 19 e 20 de novembro. Os eleitos vão desenvolver atividades como articulação da comunidade escolar, gerenciamento de recursos financeiros e responderão por todos os atos administrativos da escola.

Para a candidata a reeleição, Claudineide Sabéme, da Escola Estadual Manoel Fernandes, de Jaçanã, que já teve experiência como diretor deve realizar uma autocrítica, para poder melhorar. “Além disso, preciso buscar uma aproximação com a Secretaria. Dessa maneira, teremos uma gestão melhor do que já existe”, disse, referindo-se ao aumento do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - IDEB, e da aprovação na Educação de Jovens e Adultos - EJA, da escola que dirige. Sobre o curso, Claudineide Sabéme espera superar as deficiências que admite ter. “A parte de legislação é a que mais tenho dificuldade. Espero aprender mais nesse quesito”, finalizou.

Já a professora Rúbia Melo da Rocha, por sua vez, candidata à direção da Escola Professora Josefa Sampaio, de Natal, quer inovar envolvendo outros componentes no processo de educação de jovens. “Pretendo colocar a família e a comunidade mais presentes nas atividades desenvolvidas pela escola”, disse.