terça-feira, 4 de setembro de 2012

16 escolas da rede festejam o Agosto do Alegria em Apodi

 No último dia 31, ocorreram na cidade de Apodi os festejos do Agosto da Alegria, com a participação de 600 alunos do Programa Mais Educação no espetáculo Cantar e Sorrir para Cultura Ressurgir, representando 16 Escolas Estaduais dos sete municípios que fazem parte da 13ª DIRED, e que homenageou a primeira teatróloga da cidade, Mundinha Dantas (in memorian).

A diretora da 13ª DIRED, Raimundinha Freire, considerou o evento um dos mais importantes da região, por promover entre os alunos o desejo de realizar atividades culturais relevantes para a formação do cidadão. Segundo ela o trabalho da Secretaria da Educação do Estado não tem preço, porque era algo esperado desde 2003. “Tivemos uma luta árdua para mudar a postura de outros governos e agora o calendário que o Estado nos oferece favoreceu uma extensão entre o Governo e os municípios”, destacou, salientando ainda a prática cultural na escola melhora o comportamento, as habilidades e as competências dos alunos.

Durante o evento houve apresentações de Coco de Roda, Xote, Araruna, Ciranda de Roda, Pastoril, Xaxado, Cantigas de Roda, Caboclinhos, Boi Calemba, Samba de Caboclo, Maculelê e Malhação de Judas. Os alunos das escolas saíram da concentração em frente ao Núcleo da UERN e seguiram em cortejo pelas principais ruas da cidade, até a Associação Cultural Desportiva Apodiense–ACDA, onde encerraram as apresentações para cerca de mil pessoas.

O professor Daniel Bezerra, responsável pelo “Programa Mais Educação” no Estado, representou a Secretária da Educação, professora Betânia Ramalho, e destacou a importância do “Agosto da Alegria” como uma grande oportunidade para os estudantes apresentarem à sociedade seus talentos artísticos, ressaltando ainda o desenvolvimento dessas ações através do ensino e aprendizagem nas escolas.

Os cortejos culturais são realizados pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, como parte do “Agosto da Alegria”, através de parcerias entre a Secretaria Extraordinária da Cultura, a Fundação José Augusto e a Secretaria de Estado da Educação e Cultura-SEEC.