quarta-feira, 27 de junho de 2012

Ensino Médio Inovador do RN é destaque nacional

O Projeto Político-Pedagógico (PPP) da escola Tristão de Barros, do município de Currais Novos, foi aplaudido de pé pelos participantes do importante Seminário Nacional do Ensino Médio Integral, que reúne até esta quinta-feira, 28, em Brasília, 20 projetos selecionados em todo o país. “Construindo a Política de Ensino Médio para todos no Brasil” é o tema do evento.

O projeto potiguar, denominado “Relato de uma experiência exitosa no Ensino Médio Inovador”, foi apresentado pela coordenadora pedagógica da escola seridoense, Francinete Medeiros. Diante do resultado, representantes do MEC confirmaram uma visita a unidade para conhecer de perto a iniciativa. Fato comemorado pela subcoordenadora de Ensino Médio, da Secretaria de Educação, Aliete Bormann. “Foi uma ótima notícia para o nosso estado, pois significa que estamos avançando na educação de nossos jovens”, disse.

A proposta do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI) no Rio Grande do Norte é ampliar o tempo dos estudantes na escola e garantir a formação integral com inserção de atividades que tornem o currículo mais dinâmico. Além de inserir atividades de vertentes variadas, como tecnologia, cultura e comunicação.

Dos 20 projetos a serem apresentados no seminário, dois são potiguares. Além do Ensino Médio Inovador, o estado vai contar ainda a aplicação do programa Ensino Médio Noturno Diferenciado, voltado para os estudantes que trabalham durante o dia e vão para a escola à noite.

Trabalho conjunto no combate às drogas

Representantes das secretarias de Educação, Saúde, Segurança e Assistência Social, se reuniram nesta terça, 26, no Núcleo de Educação para a Paz, da SEEC, para debater as principais diretrizes a serem abordadas no Plano Estadual de Combate ao Crack e a outras drogas. A iniciativa é do governo do estado do Rio Grande do Norte, com base na proposta nacional de combate às drogas.

A união das secretarias foi idealizada pela governadora Rosalba Ciarlini para que as diferentes especificações tenham idéias convergentes, tendo em vista a complexidade do combate às drogas, que envolve a prevenção através da Educação, a Segurança e a Saúde. Após a colaboração das secretarias, o governo vai elaborar um projeto final, para apresentá-lo em cooperação técnica com Ministério Público, Assembléia Legislativa, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Poder Judiciário, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal.

Um exemplo a ser seguido e apoiado

Com apenas 17 anos, o jovem estudante Danilo Bezerra Vieira vai concorrer nesta quinta-feira, 28, ao Prêmio de Cultura Potiguar, promovido pelos Diários Associados, no Teatro Alberto Maranhão.  Ele vai concorrer na recém-criada categoria Envolvimento Social, pela construção da Biblioteca Comunitária Juscelino Kubitschek, situada no município de Almino Afonso.

A Biblioteca JK foi inaugurada em 2008, com 300 livros, quando Danilo ainda tinha 14 anos. O fato levou o garoto a ser reconhecido pelo Palácio do Planalto, em Brasília. Hoje, a biblioteca conta com mais de três mil títulos e está entre as três referências culturais do estado do Rio Grande do Norte.

Os organizadores do prêmio decidiram que a nova categoria seria útil para selecionar iniciativas individuais ou coletivas que promovessem o acesso a cultura. A Secretaria de Estado da Educação, que sempre incentivou o trabalho desenvolvido por Danilo Bezerra, tem acompanhado de perto a trajetória do garoto, que um dia foi da rede estadual e vai começar a cursar a faculdade de jornalismo na UFRN, a partir deste segundo semestre.