quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Nota de pesar

A Secretaria de Estado de Educação e Cultura externa seu profundo pesar pela morte de um de seus funcionários mais dedicados, José Candido da Silva, carinhosamente chamado de Dudu. De luto, esta secretaria destaca como as principais virtudes funcionário a capacidade de resolver problemas de forma eficiente e rápida, bem como a atenção que empenhava a todos que buscavam ajuda.

Neste momento de tristeza, a secretária de Educação, professora Betania Leite Ramalho, presta votos de pesar a família do funcionário e convida a todos os servidores da Secretaria de Educação para a Missa de Sétimo Dia, que será realizada no 1º de setembro, às 11h, no Auditório Angélica Moura.

Gabinete da Secretária
Assessoria de Comunicação
Cerimonial do Gabinete

SIGEduc ganha aplicativo mobile para estudantes e professores


Estudantes e professores da rede estadual já podem contar com mais uma ferramenta que ajudará no dia-a-dia da vida escolar. Encontra-se disponível para download no Google Play a primeira versão do SIGEduc Mobile. O aplicativo permitirá aos estudantes da rede estadual de ensino um acesso rápido e fácil aos seus dados no Sistema Integrado de Gestão da Educação. Com o novo aplicativo, o estudante poderá consultar notas, frequência e informações de sua turma disponibilizado pelo professor

Para instalar o SIGEduc Mobile Estudante, o usuário de smartphones com Android 4.0 (ou superior) terá de abrir o Google Play e instalar o aplicativo.  A versão da ferramenta voltada para o professor também está disponível.

O SIGEduc Mobile Professor foi desenvolvido originalmente para os tablets educacionais e agora também poderá ser acessado pelos smartphones dos educadores. A versão para professores permite a gestão do diário de classe (notas, conteúdo e frequência) diretamente do seu aparelho celular e funcionando off-line, ou seja, sem necessitar de uma conexão com a internet.  Quando o aparelho detecta a conexão com a Internet ele envia os dados para os servidores do SIGEduc que preenchem o diário de classe do professor de forma automatizada.
Para Ana Paula Flor, coordenadora do SIGEduc, os novos aplicativos facilitaram a interação dos estudantes e professores com a plataforma digital que integra todo o estado: “Cada vez mais os estudantes tem acesso as novas mídias e tecnologias. Com isso a Educação tem que acompanhar as mudanças que a tecnologia provoca na escola. O SIGEduc, por ter um caráter inovador, já está antenado nesses novos caminhos”. 

Em breve o SIGEduc Mobile estará disponível para dispositivos com o sistema IOS da Apple. O aplicativo é em português e totalmente gratuito.

Com o novo recurso, as escolas terão várias vias de acesso ao sistema,  como a interface web utilizando um navegador, pelo navegador do smartphone ou tablet, pelo aplicativo do tablet educacional ou nos smartphones com sistema Android.

Educação celebra o Agosto da Alegria com debate sobre ensino e cultura


Como nos últimos anos, a Secretaria de Educação realiza no mês de agosto uma série de atividades propagando a cultura para estudantes e professores, dentro das atividades do Agosto da Alegria. Concentrado em dois dias, a Coordenadoria de Desenvolvimento Escolar  organizou a jornada “Leitura, arte e cultura: meios de expressividade da nossa gente”, contando com a presença expressiva de escolas e artistas locais.

Na manhã de ontem, com a presença do secretário adjunto de Educação Joaquim Oliveira, a jornada teve em sua abertura a apresentação do grupo Roda de Leitura da Escola Estadual Potiguaçu. Durante a apresentação, estudantes da referida escola entregaram ao secretário um livro feito artesanalmente, contado histórias que fazem partes das rodas de leituras realizadas nas escolas.


Durante o evento, além de intervenções culturais, a escritora e professora especialista Salizere Freire lançou Bicho pra que te quero, livro infantil que chega a sua segunda edição com sucesso de crítica. O lançamento abriu a primeira mesa temática do encontro, que tece como tema “Diálogos cordelistas na voz dos poetas potiguares: Maria das Dores Timóteo, Sirlia Lima e Cícero Virgínio Ferreira”.

Para Joaquim Oliveira, secretário adjunto, a leitura é uma ação que possibilita sensações únicas a quem ler e um caminho de valorização do ensino como forma de crescimento: “A leitura é como um mar, amplo e infinito, que cada um de nós deve aprender a nadar, pois, devido sua grandeza, podemos ir longe, aprender mais e ajudarmos a fazer um RN de leitores”.


Hoje (28), cantigas de rodas, exposição de peças feitas de material reciclado, debates e troca de experiências fizeram parte da programação. Marcos Cleber, coordenador da Codese, definiu o evento como uma forma de viabilizar a reflexão  sobre os caminhos que a cultura deve seguir: “A Secretaria de Educação vem realizado constantes debates sobre a forma que a educação e cultura devem serem integradas nas escolas. Dentro do Agosto da Alegria, essa discussão cria mais força e, com esta jornada, estamos favorecendo uma visão contextualizada do mundo literário e dinamização das práticas pedagógicas necessárias.”

A jornada faz parte das ações previstas no Plano Estadual do Livro e Leitura do RN, e oportuniza a formação de mediadores de leitura, regentes de biblioteca, gestores, professores e demais agentes culturais. 

terça-feira, 26 de agosto de 2014

Direc de Parnamirim discute PDDE Interativo


Com o objetivo de orientar as escolas para a inserção de programas que fazem parte da plataforma do PDDE Interativo, na última semana, a 2ª Diretoria Regional de Educação e Cultura realizou o 1º Encontro do PDDE Interativo que contou com a presença de gestores, coordenadores pedagógicos, representantes de secretarias municipais de educação e técnicos da Direc. 

A técnica responsável pelo PDDE Interativo e PDE na Escola da 2ª diretoria de educação, Jurany Silva, uma das responsáveis pela organização e execução do evento, explica como o encontro foi realizado: “Discutimos sobre a aprendizagem dos estudantes, partindo das instrumentais do PDDE Interativo tendo em vista o redimensionamento da ação pedagógica”.

Com duração de 16 horas, os dois dias de trabalhos foram marcados por debates as temáticas que abordavam questões operacionais, prestação de contas, execução orçamentária e convivência escolar.

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Encontro debate escolha do livro didático

Intervenção cultural marcou o início das atividades

Em cada triênio, as escolas estaduais participam do processo de escolha dos livros didáticos que serão utilizados pelos professores em sala de aula. O Plano Nacional do Livro Didático investiu em sua última edição R$ 333.116.928,96 , atendendo mais de 7 milhões de estudantes. A Secretaria de Educação realiza durante todo o dia de hoje o Encontro de Recomendações para o PNLD 2015, momento que ajudará os educadores na escolha dos títulos que serão utilizados.

O encontro foi aberto pela secretária de Educação, profª Betania Ramalho, que traçou o panorama que a educação estadual chegou após quatro anos de trabalhos a frente da pasta: “Encontro como este, de discussão de ferramentas de ensino, servem para que prestemos conta de como cada coordenadoria vem se esforçado para alcançamos uma educação de qualidade para nossos estudantes”. Das conquistas, no campo do livro, Ramalho destacou o Plano Estadual do Livro e Leitura, que “serve como um documento norteador de todas as práticas de leitura que são realizadas na escola”.

Mediado por técnicos da Coordenadoria de Desenvolvimento Escolar, Subcoordenaodoria de Ensino Médio e 1ª Diretoria Regional de Educação e Cultura, durante todo o encontro mesas temáticas debateram os usos dos livros e a mudança que as novas tecnologias estão gerando no forma de utilizar o livro em sala de aula. Para o próximo ano, o MEC começará a substituir os livros didáticos por e-books, que no RN serão disponibilizados por meio do SIGeduc.


Para Erileide Rocha, coordenadora dos projetos de leitura da SEEC, o encontro serve para que as escolas possam conhecer todo o processo e se informem de como podem escolher o livro de forma a atender o Projeto Político Pedagógico de cada instituição. “É importante que cada escola conheça o Guia do PNLD, analisando as resenhas das coleções didáticas que serão aprovadas de acordo com as informações contidas no guia e com as orientações da SEEC”.

O evento segue até as 18h com a palestra sobre livros digitais, com Regina Lúcia Alves da Costa, professora especialista em tecnologia da Educação e Rômulo Augusto, técnico especialista da SUEM. 

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Inaugurada novas instalações do Centro de Apoio ao Deficiente Visual


Na última quarta (19), a Secretaria de Educação inaugurou as novas instalações do Centro de Apoio ao Deficiente Visual – CAP, com a presença de autoridades e membros da comunidade atendida pela instituição. Localizada no bairro de Dix-Sept Rosado, o CAP contará com novas salas, como um laboratório de informática com 10 computadores prontos para atender as necessidades dos alunos. O secretário adjunto de Educação, Joaquim Oliveira, esteve presente na inauguração e entregou novos equipamentos.

As atividades desenvolvidas pelo CAP são acompanhadas pela Subcoordenadoria de Educação Especial (SUESP) e seguem uma linha de inclusão dos estudantes a todas as ferramentas necessárias para uma educação de qualidade. Atento a isto, o secretário Joaquim Oliveira, durante a inauguração, entregou, em nome da SEEC, 27 notebooks adaptados para estudantes cegos ou com baixa visão. “Devemos promover o acesso à tecnologia da informação aos nossos alunos, dentro de um contexto maior, que é a inclusão escolar de todos os estudantes”, frisou Joaquim Oliveira.


Também estiveram presentes na inauguração a coordenadora da SUEP, Márcia Peixoto, e o diretor do centro, Lenilson Xavier, que expressou sua alegria com a entrega dos novos equipamentos: “Cada estudante tem suas potencialidades e desafios particulares. Cabe a nós, educadores, mostrar e ajudá-los a seguir o caminho que cada um deseja contando com o apoio da escola”.

E as atividades no novo centro já iniciaram com a apresentação da equipe que fará a gestão da unidade de ensino, que já realizou o cadastramento de novos alunos e realizará o diagnóstico e acompanhamento das necessidades de cada um, com o auxílio de profissionais especializados em apontar competências e habilidades dos estudantes. 

Núcleo de Educação para a Paz participa de debates em São Tomé e Natal


O Núcleo Estadual de Educação para a Paz e Direitos Humanos participou, na tarde de ontem, da culminância do Projeto de Cultura da Paz, série de atividades que foram realizadas pela Escola Estadual Amaro Cavalcanti e nas escolas municipais de São Tomé, interior do estado, com o intuito de pregar à pacificação e o combate as drogas na comunidade.


“Por todo o estado, ações como está vem se multiplicando. Cada vez mais as escolas estão conscientes que por meio de uma política que pregue a paz a educação alcança patamares ainda maiores e a escola virá um espaço de ampla convivência”, destacou João Mendonça, coordenador do Núcleo.

Palestra para o Clero



Pela manhã, o NEEPDH acompanhou a secretária Betania Ramalho na visita ao Centro Pastoral da Paróquia do bairro da Candelária, Natal. Na visita, a chefe da pasta realizou palestra sobre os desafios urbanos que as escolas enfrentam atualmente, como a violência e consumo de drogas. “Espaços como este serve para discutimos o papel social da comunidade escolar na formação e desenvolvimento humano, focado na vida de cada estudante”, destacou a secretária de Educação.

A palestra ocorreu dentro de uma programação realizada mensalmente pela Arquidiocese de Natal com setores ligados a educação, clero e comunidade para discussão dos temas que são comuns aos três segmentos. "Um espaço debate saudável e importante, pois cada um tem uma função primordial na formação do indivíduo", disse o coordenador do NEEPDH.

Jovem Senador encerra inscrições hoje


O prazo para as inscrições para o 7º Concurso de Redação do Programa Senado Jovem Brasileiro encerra-se hoje (22), data-limite para as escolas do ensino médio da rede pública estadual e do Distrito Federal encaminharem as redações às respectivas secretarias de Educação.

Para participar, os estudantes devem fazer uma redação sobre o tema “Se eu fosse senador”. Os 27 autores das melhores redações, um de cada unidade da Federação, serão convidados a vir a Brasília para vivenciar o processo legislativo dentro do Projeto Jovem Senador, parte integrante do programa. Algumas das propostas deles poderão virar projetos de lei, como já ocorreu em edições anteriores.

O aluno deve ter no máximo 19 anos e cursar o ensino médio em escola pública estadual ou do DF. No ano passado foram recebidas mais de 70 mil redações.

A novidade da edição de 2014 é que os professores que orientaram as redações vencedoras também virão à capital federal. Em Brasília, farão uma programação especial. As atividades no Senado serão realizadas entre os dias 18 e 21 de novembro.

O concurso é composto por três etapas. Na primeira, as escolas selecionam o texto de um aluno, que deve ser enviado até amanhã às secretarias de Educação de cada estado e do DF. Na segunda, as secretarias selecionam três textos e os encaminham para o Senado até 30 de setembro. Na última etapa, nacional, uma comissão julgadora escolhe as redações classificadas em primeiro, segundo e terceiro lugares de cada estado.

Até o dia 10 de outubro, serão divulgados os 27 finalistas e os três primeiros colocados na etapa nacional.

quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Educação inicia 11ª edição do Programa Brasil Alfabetizado no RN


Diminuir a taxa de analfabetismo, essa é uma das metas que o Governo do Estado. Para isso, a Secretaria de Estado da Educação vem realizando constantes trabalhos com foco pedagógico para contribuir na formação de potiguares em todos os recantos do estado. Durante todo o mês de agosto, a secretaria de Educação realiza formações com educadores do EJA dentro do Programa de Alfabetização de Jovens e Adultos, que integra as ações do Programa Brasil Alfabetizado (PBA).

Desde 2003, o MEC realiza o PBA, voltado para a alfabetização de jovens, adultos e idosos. O programa é uma porta de acesso à cidadania e o despertar do interesse pela elevação da escolaridade. Partindo do mesmo objetivo, a SEEC dará início a 11ª edição do PBA no RN, formando 2.355 educadores, entre alfabetizadores e coordenadores, para atuarem em 2.026 turmas de alfabetização nas 16 unidades regionais de ensino.

Para a coordenadora do PBA/RN, Clotilde Maria Godeiro Coutinho, as formações que estão sendo realizadas por todo o mês de agosto são decisivas para o pensamento crítico do educador: “Os encontros servem de espaço para a reflexão e diálogo entre as teorias e práticas referentes ao processo de ensino aprendizagem dos jovens, adultos e idosos, sempre atendendo as exigências do programa de alfabetização do MEC”. A meta de todo este esforço é erradicar o analfabetismo no país.


A nova etapa do PBA inicia-se, em todo o estado, como 27 mil alfabetizados beneficiados. A SEEC, em parceria com o Instituto de Educação Superior Presidente Kennedy (IFESP). Produziu o quinto caderno informativo Eu, você e o planeta na alfabetização de jovens, adultos e idosos – RN Alfabetizado, com informações sobre a estrutura curricular do curso, organização de oficinas e atividades para sala de aula. “O material é uma mostra bem significativa do trabalho de formação inicial e continuada desenvolvida pelo IFESP em parceria com a Secretaria de Educação, dentro do Programa Brasil Alfabetizado para coordenadores e alfabetizadores do nosso Estado”, explicou Fátima Carrilho, diretora geral do instituto.

Entusiasmada com as ações desenvolvidas, Betania Ramalho, secretária estadual de Educação, mostra que o Projeto de Correção de Rumo da Educação vem provocando resultados em todas as modalidades de ensino, atendendo um número crescente de estudantes e mudando a fisionomia da rede estadual de ensino. Para a secretária “todas as atividades feitas visam contribuir positivamente para aumentar os índices de escolarização dos estudantes”, e que a Educação de Jovens e Adultos é “uma modalidade que merece uma atenção especial por lidar com um público diferenciado, com necessidades e potencialidades específicas fora e dentro da sala de aula.”

As formações de educadores para o PBA/RN tiveram início no dia 16 e continuarão nos dias 23, 24, 30 e 31 de agosto em diversas escolas estaduais em todo o RN. A Subcoordenadoria de Educação de Jovens e Adultos é a responsável pelas capacitações. 

Estudante de Jaçanã representará o RN no Parlamento Jovem Brasileiro


A Escola Estadual Professora Terezinha Carolino de Souza, localizada no município de Jaçanã, é conhecida pelo bom desempenho de seus estudantes. Das diversas premiações que a escola já recebeu, nesta semana, a estudante Dallyne de Fátima Silva conquistou mais um título para a instituição. Prestes a completar 17 anos, ela será a representante potiguar no Parlamento Jovem Brasileiro, programa da Câmara dos Deputados que simula a rotina dos trabalhos legislativos.

Para conquistar o posto, Dallyne escreveu um projeto de lei que disputou com outros 152 inscritos em todo o estado. A estudante propôs a extinção da taxa de deslocamento cobrada por todas as operadoras de telefonia móvel do Brasil, visando condições justas de uso para seus clientes. O objetivo é que tais empresas parem de cobrar abusivas taxas aos seus usuários quando estes utilizam seus celulares em Estados fora do seu domínio de origem.

"Sinto-me muito honrada em representar meu estado, pois sei da responsabilidade que terei em participar do parlamento, debatendo o meu projeto e outros de interesse nacional", disse a estudante. Sobre seu projeto, Dallyne explicou que a cobrança da taxa de deslocamento das operadoras de telefonia móvel é injusta: "Em cidades que fazem divisa com outros estados as taxas (roaming) são aplicadas de forma equivocada e não existe legislação que proteja o consumidor."

Os estudantes selecionados em todo o país, participarão de uma simulação da rotina dos trabalhos legislativos que pretende despertar nos jovens a reflexão crítica da importância da representação política. O Parlamento Jovem Brasileiro, programa anual da Câmara dos Deputados, acontece de 21 a 26 de setembro de 2014, em Brasília. Neste ano, o programa entra em sua décima primeira edição.

Este ano, o recorde de inscrições do programa Parlamento Jovem Brasileiro foi superado e chegou ao número de 2.079 mil projetos. Os estudantes inscrevem os projetos nas suas escolas, que os enviam para avaliação e triagem das Secretarias de Educação dos estados. Depois os projetos são encaminhados para a Câmara dos Deputados, onde uma comissão de analistas legislativos e outros servidores analisam e classificam cada um deles de acordo com critérios como originalidade, justificativa e clareza.

Em 2014, destaca-se o número de projetos voltados para a área de educação, cujas propostas pedem, por exemplo, a implantação de plataforma multimídia na rede pública de ensino e a contratação de jovens que se destacam no ensino médio para auxiliarem professores do ensino fundamental. Outras propostas pedem modificações em projetos de lei já existentes, projetos na área de saúde, meio-ambiente, segurança pública, economia, entre outros.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Undime realiza seminário sobre gestão educacional


Durante o dia de hoje e o de amanhã, a União dos Dirigentes Municipais de Educação do Rio Grande do Norte – Undime-RN, realiza o I Encontro do Ciclo de Seminários com o tema “A melhoria da gestão municipal para cumprir o direito à educação”. Realizado no Praiamar Hotel, em Ponta Negra, o evento tem como tema “A melhoria da gestão municipal para cumprir o direito a educação”.

Contando com a participação de representantes do FNDE, o evento tratará de temas como o Plano de Ações Articuladas (PAR), Sistema de Gerenciamento de Adesão de Registros de Preços (SiGARP), Sistemas de Gestão de Prestação de Contas (SIiGPC). Coordenadores de diversos programas do MEC, como o Mais Educação, farão palestras sobre cada ação desenvolvida no estado.

Clique aqui para conferir a programação completa.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Escolha e uso do livro didático são temas de seminário


Realizado no início desta semana, o Seminário de Projetos de Leitura Exitosos do Prolem, evento realizado pela Coordenadoria de Desenvolvimento Escolar, reuniu professores e técnicos de todas as diretorias regionais de ensino com o objetivo de promover a discussão da escolha e uso do livro didático em sala de aula. O seminário ocorreu no Centro Tecnológico do RN – Centern, em São José do Mipibu, durante os dias 12 e 13 deste mês.

As atividades realizadas fazem parte do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD/MEC) e é organizado pela Secretaria de Educação, em parceria com as escolas da rede pública. Este ano serão selecionadas as coleções de livros didáticos que estarão em uso no triênio 2015/2017.



Presente no evento, o secretário adjunto de Educação, Joaquim Oliveira, apontou a relevância da escolha dos livros didáticos dentro do contexto do projeto de Educação do RN e os referenciais curriculares como elemento norteador: “Devemos sempre discutir de forma aprofundada a temática do livro didático para propiciar uma análise criteriosa das obras, a qual deve estar apoiada nas concepções definidas no Projeto Político-Pedagógico (PPP) de cada escola”. Isauro Beltran Nuñez, assessor pedagógico da SEEC, Erileide Rocha, técnica da Codese, e o secretário adjunto realizaram a abertura do seminário, com as discussões introdutórias sobre livro e leitura na escola.



Durante os dois dias de trabalhos, os participantes participaram de palestras, abordando desde o uso de livros digitais na escola ao processo teórico para a escolha dos livros, que foi realizado por meio de grupos de trabalho (gt’s). Erileide Rocha, coordenadora dos projetos de leitura da SEEC, explicou que para a escolha do livro, “é importante o conhecimento do Guia do PNLD, analisando as resenhas das coleções consideradas aprovadas contidas nele, assim como as Orientações da SEEC, daí a importância de realizamos momentos de discussão com este.”

A secretária de Educação, Betania Ramalho, que participava de reunião ordinária do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) em Cuiabá (MT), enviou mensagem aos presentes destacando a missão de cada professor potiguar: “Temos um grande desafio: garantir uma educação de qualidade para todos os potiguares, construindo a escola do século XXI e superando os obstáculos que, historicamente, têm negado essa educação aos mais necessitados".

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Alunos de Luís Gomes conquistam prêmio em feira de ciências em Salvador


Os estudantes Sara Lima e Silva e Francisco de Assis de Oliveira Júnior, sob a orientação da professora Solange Batista da Silva, da Escola Estadual Mariana Cavalcanti (Luís Gomes), ganharam o terceiro lugar, na categoria Ciências Humanas, da 12ª. Feira de Ciências e 3ª. Mostra de Iniciação Científica (FEMMIC 2014), que aconteceu de 5 a 9 últimos, no Instituto Federal Baiano, em Salvador. 

Com a pesquisa A convivência da população na comunidade de Luís Gomes durante dois anos de seca os estudantes conquistaram espaço para a publicação de um artigo científico na “Revista Ciência Júnior”, além de certificado de Menção Honrosa e medalhas.

O projeto apresentado já havia sido premiado na 3ª. Feira de Ciências do Semiárido Potiguar, realizada em Mossoró, em outubro do ano passado. A Feira é parte integrante do Programa de Extensão Ciência para Todos no Semiárido Potiguar, da UFERSA – Universidade Federal Rural do Semi-Árido e da UERN – Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação e da Cultura e apoio das DIREDs – Diretorias Regionais de Educação.  

Parlamento Jovem conta com expressiva participação de estudantes estaduais


Uma bancada majoritariamente formada por alunos da Rede Estadual de Educação. Assim foram os trabalhos da quarta edição do Parlamento Jovem, projeto da Assembleia Legislativa  do RN que reúne alunos das escolas públicas e privadas do estado para simulares as funções de um deputado estadual. Dos 24 jovens deputados, 20 são de escolas estaduais de Natal, Monte Alegre, São Paulo do Potengi, Tangará e Bento Fernandes.

A posse dos estudantes ocorreu na última sexta-feira (8) no plenário do Palácio José Augusto, sede do legislativo estadual. Dentre as autoridades presentes, o secretário adjunto de Educação, Joaquim Oliveira, prestigiou a posse e entregou o diploma de deputado aos  estudantes. “A educação para a cidadania é um dos principais instrumentos para a construção de um país mais justo, com homens e mulheres que saibam dos direitos e deveres que a vida em sociedade nos impõe”, declarou o secretário.


A deputada Márcia Maia, autora da lei que criou o projeto, parabenizou os integrantes do parlamento e afirmou que eles representam não todos os estudantes potiguares: “Tenho certeza de que será uma experiência muito enriquecedora para vocês. Tenho muito orgulho de ser a autora do projeto de lei que criou o Parlamento Jovem e desejo sucesso”, afirmou.

O processo de escolha dos estudantes que ocupariam as vagas no Parlamento Jovem ocorreu durante todo o ano e em maio, os parlamentares participaram de um curso de formação onde aprenderam sobre o funcionamento do Legislativo, tramitação de projetos e requerimentos, entre outros.


Os estudantes que atuaram como jovens deputados foram: Ruth Dayne Vicente, Pedro Cassiano de Paiva, Rodrigo Valentin dos Anjos (alunos da Escola Estadual Profº Gaspar, Monte Alegre), Matheus Wingles Alves, Crisnara Ribeiro de Almeida, Rutyane Araújo da Silva (Escola Estadual Maurício Freire, São Paulo do Potengi), Jobson Kaynan de Almeida, Leonardo Faustino dos Santos (Escola Estadual Senador João Câmara, em Bento Fernandes),Erick Andrade, Larissa Dias da Luz (Escola Estadual Profª Josefa Sampaio, bairro Santos Reis, Natal), George Matheus Peres, Gláucia Layse Bezerra (Escola Estadual Mascarenhas Homem, bairro de Lagoa Seca, Natal), Lucas Felipe Soares, Rafaela Braga da Silva (Escola Estadual Berilo Wanderley, conjunto de Pirangi, Natal), Amanda da Silva  Xavier, José Augusto do Nascimento (Escola Estadual União do Povo, bairro Cidade Nova, Natal), Jaiane Ferreira da Rocha (Escola Estadual Peregrino Junior, bairro de Santa Catarina, Natal), Bruno Oliveira Simonetti, João Vitor Tavares (Colégio Marista, Natal), Alan Correa e Geórgia Teresa Tavares (Instituto Brasil, Natal).

Fotos: Eduardo Maia

quarta-feira, 6 de agosto de 2014

Professora estadual de Currais Novos concorre ao prêmio Professores do Brasil


Aberta a votação da categoria júri popular do Prêmio Professores do Brasil. Em sua oitava edição, o concurso revela anualmente boas práticas pedagógicas em todo o país.

A professora Irene Maria de Medeiros, que trabalha na Escola Estadual Capitão Mor Galvão, em Currais Novos, concorre na categoria júri popular com o vídeo  O prazer de Educar na Arte de fazer Cinema e mostra-se confiante com o concurso: “Estamos concorrendo novamente ao prêmio e esperamos chegar a Brasília para receber mais este título”.

Para votar, basta “curtir” o vídeo na aba de reprodução do próprio youtube. O projeto ganhador receberá um prêmio extra durante a cerimônia de premiação com as demais categorias do Melhores do Brasil. A votação terá fim às 12 horas do dia 15 de setembro. Vote na página do Youtube clicando aqui.

RN Vida realiza II Pôr do Sol Cultural no CAIC


O RN Vida, programa de combate e resistência às drogas, realizou na tarde desta terça-feira (5) o II Pôr do Sol cultural, evento que reuniu os participantes da iniciativa em apresentações musicais, de capoeira e de dança no ginásio Caic de Lagoa Nova.

O evento teve a presença de integrantes do projeto e os secretários de Estado da Segurança Pública, Elieser Girão, e da Educação, Betania Ramalho, do comandante-Geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Dantas, da coordenadora do RN Vida, Sonali Rosado, e do presidente da Fecomércio, Marcelo Queiroz, que na ocasião doou equipamentos musicais para os alunos integrantes do Programa. 


Atualmente, o RN Vida atende a 423 jovens de escolas públicas de Natal, e funciona em sistema de cooperação com as secretarias diretas e indiretas do estado, Programa Educacional de Resistência às Drogas (Proerd), entidades municipais e parceiros privados. Através de aulas de música e danças, os jovens participam de atividades extraclasse e agem como multiplicadores nas iniciativas contra o uso de entorpecentes. 

A coordenadora do RN Vida, Sonali Rosado, desatacou o comprometimento dos servidores do RN Vida, bem como das instituições parcerias para o sucesso do programa. “O RN Vida é um trabalho de combate às drogas muito importante desenvolvido em conjunto por todos. O evento de hoje mostra que estamos unidos para continuar um trabalho forte em favor do futuro, através dos cuidados com o os nossos jovens.

Escolas devem declarar dados ao Educacenso até dia 15


O Grupo de Auxiliar de Estatísticas Escolares, órgão ligado a Assessoria Técnica e Planejamento da Secretaria de Educação, informa que o prazo de finalização do Censo Escolar encerra-se no próximo dia 15. Até o dia de ontem, 5 de agosto, dezoito escolas da rede estadual ainda não iniciaram a declaração  dos dados educacionais no Educacenso, plataforma virtual que gere todos os dados relativos ao censo. 

As instituições que por ventura ainda não declararam seus dados devem informá-los até a sexta-feira (15) da próxima semana. Clique aqui e confira a relação de escolas que ainda não estão em dia com o Censo Escolar 2014.

terça-feira, 5 de agosto de 2014

Cursos do Pronatec terão início neste mês

Através da parceria firmada entre a Secretaria Estadual de Educação e a Escola Agrícola de Jundiaí/UFRN, serão ofertados 11 cursos técnicos profissionalizantes, na forma Concomitante. A parceria beneficiará dez municípios do Rio Grande do Norte.

O aluno deve está matriculado no 2º ou 3º ano do ensino médio e estudar no contra turno. Neste ano, o processo de inscrição e seleção dos alunos é foi pelo SIGEduc e contou inscritos 539 para 380 vagas. A média aritmética das disciplinas de Português e Matemática do ano anterior serviu como critério de classificação. Os cursos serão ofertados pelo PRONATEC/EAJ/UFRN e as aulas serão iniciadas no próximo dia 12.

A Escola Agrícola de Jundiaí/UFRN ofertou dois novos editais para selecionar os professores e técnicos que irão atuar nos referidos cursos, dando oportunidade as pessoas dos municípios contemplados participarem do processo. As unidades de ensino foram contempladas pelo Programa Brasil Profissionalizado, com reforma e ampliação, equipamentos de laboratórios técnicos e acervo bibliográfico. 

Confira as cidades, escolas e cursos que serão ofertados a partir deste mês: 

Cidade
Escola Estadual
Curso ofertado
NATAL
Luís Antônio
Técnico em Segurança do Trabalho
MOSSORÓ
Prof. Abel F. Coelho
Técnico em Segurança do Trabalho
SERRA DO MEL
Pe. José de Anchieta
Técnico em Apicultura
APODI
Antônio Dantas
Valdemiro Pedro Viana
Técnico em Segurança do Trabalho / Técnico em Agroecologia.
CARAÚBAS
Prof. Lourenço Gurgel
Técnico em Informática
ASSÚ
Juscelino Kubitschek
Técnico em Manutenção e Suporte em Informática
PARELHAS
M. Amâncio Ramalho
Técnico em Manutenção e Suporte em Informática
JARDIM DO SERIDÓ
Centro Edu. Felinto Elísio
Técnico em Informática
JUCURUTU
Newman Queirós
Técnico em Segurança do Trabalho
SANTA CRUZ
José Bezerra Cavalcante
Técnico em Guia de Turismo

Professor estadual está entre os 20 melhores do país

Foram anunciados os finalistas do prêmio Educador Nota 10 – edição 2014. Neste ano, mais um potiguar está entre os 20 professores que disputaram uma vaga na final do concurso realizado pela Fundação Victor Civita. Emanuel Alves Leite, da Escola Estadual Profª Maria de Lourdes Bezerra, do município de Macau, representará o RN no concurso. Com o projeto Lugar de Circo é na Escola, o potiguar configura entre os educadores brasileiros que mais se destacaram durante o ano.

Criado em 1998, o Prêmio Educador Nota 10 reconhece professores da Educação Infantil e do Ensino Fundamental e também gestores escolares de todo o país. Aproximadamente 3.000 educadores, professores, gestores escolares e coordenadores pedagógicos, de diversos segmentos de ensino, inscrevem seu trabalho a cada edição do Prêmio em diferentes áreas de conhecimento.

Em outubro, dentro da semana do professor, após a última etapa do concurso, 10 finalistas viajarão a São Paulo para receber, como parte da cerimônia, o troféu de vencedor mais 15 mil reais, e para o Educador do Ano, além dos prêmios citados, ele ainda ganhará um vale de cinco mil reais para a escola onde leciona e assinaturas da revista Nova Escola. Emanuel, por está entre os 20 finalistas, ganhou um tablet para auxiliar nas atividades escolares.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Parceria entre SEEC e UFRN beneficiará atividades contra a violência escolar


Buscando diálogo com outras entidades públicas para a construção de uma política educacional para a paz dentro das escolas, a Secretaria Estadual de Educação, por meio do Núcleo Estadual de Educação para a Paz e Direitos Humanos, firmou parceria com o programa Motyrum, projeto de extensão da UFRN que realiza ações de conscientização cidadã com pessoas que vivem em variados contextos de vulnerabilidade social. A parceria, na sua fase piloto, beneficiará duas escolas da grande Natal com ações educativas.

Organizado pelo Departamento de Direito Público da UFRN, o Motyrum conta com a participação de 65 universitários dos cursos de Direito, Psicologia, História, Gestão de Políticas Públicas, Ciências Sociais e Serviço Social da própria universidade federal, UnP, UERN e Uni-RN. Para atender um público cada vez mais diversificado, o programa encontra-se dividido em seis núcleos: Rural; Urbano; Penitenciário; Infanto-Juvenil; Indígena e o Escritório Popular. Cada núcleo tem na educação popular a filosofia de trabalho.


Para o estudante de Direito, Thales Dantas, universitário que atua no programa, o Motyrum representa a "união de pessoas para construir algo coletivamente, isso é o que quer dizer em tupi-guarani a palavra Motyrum e é exatamente o que fazemos, utilizando a Educação Popular em Direitos Humanos.”

Os seis Núcleos que formam o Programa atuam em diversos contextos sociais: o Rural lida com a população que vive em assentamentos rurais, o Indígena age junto a comunidades indígenas do Estado, o Urbano tem como foco a população de bairros periféricos, o Penitenciário trabalha com pessoas privadas de liberdade, o Escritório Popular serve como assessoria jurídica a movimentos sociais e o Infanto-Juvenil se propõe a atuar no ambiente escolar."

Na semana passada, organizadores do Moturym estiveram reunidos com Betania Ramalho, secretaria de Educação. A chefe da pasta apresentou aos professores e estudantes os caminhos que vem ser seguidos para o êxito de trabalhos pedagógicos: “Sabemos que qualquer projeto para funcionar deve contar com o apoio da gestão escolar e das lideranças de bairro, pois toda ação deve atuar em conjunto com a comunidade mostrando que os benefícios vão além das paredes da sala de aula”.


Intermediado pelo NEEPDH, o Motyrum trabalhará inicialmente na Escola Estadual Dinarte Mariz, localizada em Mãe Luíza, e a Escola Estadual Prof. Jose Fernandes Machado , em Ponta Negra, onde, por meio da educação popular, o núcleo Infanto-Juvenil do programa atuará com ações de cunho preventivo aos fenômenos das violências e contra drogas baseado nos princípios educacionais de Paulo Freire. “Tudo será com princípios e conceitos teóricos que possibilite para aos estudantes o contato com atividades que vivencie a realidade que ele está inserido”, explicou Mariana de Siqueira, professora da UFRN e uma das coordenadoras do Motyrum.

As escolas devem receber a visita do Motyrum ainda neste semestre. Acompanhando os universitários, o NEEPDH também estará atuando nas escolas, numa ação conjunta. “Todos nós temos um compromisso com as escolas que apresentam casos de riscos a uma boa educação. Com o Motyrum, a SEEC ganha mais um aliado nessa grande batalha que é a prevenção da violência na escola”, disse João Mendonça, coordenador no NEEPDH.